Natação Master Competitiva

Que a natação é o esporte mais completo para a saúde dos nossos filhos todos sabemos, seus benefícios já foram amplamente divulgados por vários especialistas no assunto que descreveram como o treinamento acelera o processo de crescimento por causa da maior liberação do GH (hormônio do crescimento), do desenvolvimento do aparelho cardio-respiratório, do fortalecimento ósseo, da amplitude do movimento facilitado pela flutuabilidade do desenvolvimento neuro-muscular, da coordenação motora, da maior qualidade de sono, graças ao cansaço das aulas, da questão da sobrevivência, pois saber nadar evita afogamentos, etc.


Só que muitos pais questionam se após aprender a nadar cabe a necessidade de a criança começar a competir, o que é uma tendência natural nas melhores escolas de natação e clubes. Realmente a natação competitiva tem uma série de exigências que absorvem muito tempo da criança e dos familiares, mas mesmo sabendo desta realidade os benefícios mais que compensam a sua prática, vejam só:


Competitividade

No meu entender este é um dos maiores benefícios, pois a criança adquire a capacidade de apreder desde cedo a competir com outros da mesma idade e que permitirá que ela se prepare para no futuro enfrentar um mundo cada vez mais competitivo e globalizado.


Individualidade

A natação é o único esporte realmente individual, que a criança pode praticar com poucos anos de vida, os outros são praticados em dupla ou equipes como é o caso do judô, futebol, basquete, jiu-jitsu, vôlei, etc. Na natação é a criança contra ela mesma tentando atravessar o meio líquido o mais rápido possível. Isto permite que ela explore e vença o desafio individual de conquistar uma piscina e que é uma experiência bastante valiosa na formação da sua personalidade.


Seguir regras

A natação competitiva tem uma série de normas e regras que são ensinadas às crianças desde cedo, geração após geração, como por exemplo: a forma de se colocar no bloco de partida (concentração), a dosagem do número de voltas (planejamento), se posicionar no meio da raia (direcionamento) e comparar seus tempos (progressão), só para citar alguns casos.


Testar seus limites

O cansaço após as competições ensina a criança quais são os limites do seu corpo e permite que a mesma descubra que a dor não é uma coisa tão ruim assim e pode ser superada. O treinamento diário do nadador causa muito cansaço e ao mesmo tempo fortifica músculos, articulações e ossos, também fortalece o espírito, pois obriga o nadador a superar a vontade de parar e testando seu desejo de vencer.


Convívio Social

Equipes de natação são muito unidas e mantêm excelente relacionamento entre si que vão desde o bate papo antes do treino, cinema, praia e churrasco como até mesmo o namoro que acontece entre os rapazes e moças que tem o mesmo interesse e ficam e ficam muito tempo juntos nos treinos e competições. Isto permite que ela se posicione socialmente e passe a fazer parte daquele grupo para o resto da vida.


Auto Controle

Um dos aspectos mais importantes no esporte é a auto disciplina que os nadadores conquistam, ou seja, o horário do treino é sagrado, pois a criança tem que estar diariamente na piscina. Isto fica gravado no relógio biológico do nadador e ele fica tão acostumado que se faltar a um treino acaba se sentindo mal. Ao mesmo tempo essa dura rotina o obriga a se manter longe das diversões noturnas e das más companhias e grupo de jovens que não tem o que fazer e acabam seguindo pelo mundo das drogas e da delinqüência.


A AcquaMondo conta com uma equipe de nadadores, comandada pelo técnico Thiago Sakamoto, que é uma das melhores do país. Formada por atletas experientes, que competem os principais campeonatos do Brasil e até mesmo no exterior. Além de atletas de categoria máster e amadores. 

As irmãs atletas Jovana e Mariana Nakagaki com o técnico Thiago Sakamoto